Comprinhas

quinta-feira, 3 de março de 2011

Inverno temporiamente permanente!




A previsão o tempo pra hoje foi de sol... mas pq estou sentindo tanto frio?
Sinto meu coração gelado, quando ele deveria estar quente...
Talvez sol só esteja clareando o dia e não aquecendo as almas.
Sinto-me presa à um globinho de gelo, onde alguém sacode para ver a neve cair.
E eu além de ver e sentir a neve caindo, vejo vários tipos de pessoas me sacudindo.
Quando alguém vai der o globinho de vidro cair no chão?
Alguém quebre por favor... prometo que não precisará pagar por isso.
Só preciso me libertar desse frio.
Quero sentir o calor do sol. Quero sentir os raios penetrando minha pele...
Quero sentir o calor do corpo das pessoas.

Cansei de inverno temporiamente permanente no meu coração!

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Goodbey!!




Hoje a saudade resolveu bater a minha porta.
Muito tempo que ela não me visita... já tinha até esquecido das visitas frequentes que ela me fazia.
Com o passar do tempo essas visitas se tornaram cada vez mais espaçadas. E com isso vou esquecendo da sua existência, começa e se tornar insignificante.
Isso era o que eu achava, até ela resolver me visitar, e eu perceber que a insignificância era pura ilusão minha.
Que tola que eu sou!
Achar que te esqueceria assim tão fácil!

Mas percebi uma coisa diferente nessa visita... agora ela é saudável. Não me senti mal, ansiosa, com nó na garganta ao pensar em ti. Me senti bem ao lembrar dos almoços de sábado, das tardes de domingo... Mas isso não quer dizer que te esqueci, quer dizer que te deixei ir. Te deixei livre... me curei!
Curei a dor de pensar em você, a dor de pensar no que poderia ter sido, a dor do que foi.

Nada como tempo para curar corações partido por nós mesmo...